KOTRA São Paulo promove eventos com talentos coreanos em TI

A KOTRA (Korea Trade-Investment Agency) São Paulo está promovendo ações relacionadas à contratação de profissionais avançados em tecnologia da informação (TI) no Brasil, como parte do programa K-Move.

O K-Move é um programa do Ministério do Trabalho da Coreia do Sul, que promove a contratação de recursos humanos qualificados da Coreia em vagas no exterior, inclusive no Brasil. Para o 1º semestre de 2018, estão previstos dois grandes eventos: (a) uma rodada de entrevistas online para empresas interessadas em contratar profissionais de TI para cargos técnicos avançados e (b) a organização de uma delegação brasileira à Seoul Career Vision 2018. Informações mais detalhadas podem ser vistas aqui.

A rodada de entrevistas online está prevista para 26 e 29 de Março (data sob definição), no escritório da KOTRA em São Paulo (SP). O público-alvo são empresas com vagas de difícil preenchimento no mercado de trabalho brasileiro, devido à carência de profissionais com o nível de qualificação desejado. A KOTRA, através da sua matriz e do seu escritório em São Paulo, fará a busca de profissionais de alto padrão e promoverá suas entrevistas com as empresas participantes – tudo isso de forma completamente gratuita.

Já em 21 e 22 de Maio, ocorre em Seul (Coreia do Sul) a Seoul Career Vision 2018, a maior job fair na Coreia focada em empregos no exterior. A KOTRA São Paulo encabeçará uma delegação de empresas brasileiras de TI e setores correlatos que possuam vagas de difícil preenchimento no mercado local. Além de a Seoul Career Vision ser gratuita, é possível apoio financeiro não-reembolsável do próprio governo sul-coreano. Cumpre ressaltar que as empresas que participarem da rodada de entrevistas online de março/2018 terão preferência na seleção para esse evento.

Ambas atividades estão em fase de recrutamento de empresas participantes. Assim, é possível demonstrar interesse em uma ou ambas, bem como em serviços independentes de recrutamento e seleção, clicando aqui.

Vagas de difícil preenchimento: talentos sul-coreanos 

O mercado brasileiro de Tecnologia da Informação vem crescendo exponencialmente nos últimos anos, sem uma resposta à altura em termos de abundância mão de obra qualificada.  Por outro lado, com a internet rápida, liderança na produção de semicondutores e de tecnologias mobile, a Coreia do Sul é um dos países mais avançados em TI, formando anualmente 30 mil profissionais qualificados em um ambiente educacional e profissional de alta exigência. Assim, a KOTRA São Paulo, através do programa K-Move, deseja auxiliar empresas brasileiras a superar seus desafios preenchendo essa lacuna de recursos humanos.

POSICIONAMENTO: MOBILIDADE URBANA (PLC 28/17)

A Associação Brasileira de Online to Offline (O2O) vem informar que após o aperfeiçoamento promovido pelo Senado Federal durante a votação do PLC 28/17, que visa regulamentar os serviços de transporte individual de passageiros por aplicativos, as emendas devem ser colocadas em votação pelos deputados na próxima terça (27). O PL 5587/16 encontra-se desde novembro de 2017 pronta para apreciação na Câmara dos Deputados e após intensa atuação promovida pelo grupo, conseguimos construir o entendimento de que seria melhor adiar a votação para 2018, com o objetivo de amadurecer o tema na Casa e levar ao entendimento dos parlamentares a importância das correções realizadas pelo Senado. Tendo em vista que as emendas podem ser deliberadas na próxima semana, é importante destacar que apoiamos o texto aprovado pelo Senado Federal que retiraram as seguintes obrigações:
  • Exigência de placa vermelha, permitindo que os motoristas de aplicativos utilizem seus veículos na geração de renda. Essa alteração retirou o caráter estatizante do texto;
  • Exigência de autorização específica, mantendo apenas a competência para fiscalização da atividade pelos municípios, retirando a necessidade de licença municipal..
  • Competência municipal para regulamentar o serviço, mantendo apenas a capacidade para fiscalização da atividade;
  • Necessidade de o motoristas ser proprietário do veículo, permitindo que os motoristas utilizem veículos que não estejam registrados em seu nome.
Diante deste cenário, a ABO2O entende que o texto proposto coloca o Brasil na vanguarda da regulamentação dos aplicativos de transporte, promove a competição saudável que beneficia todos os modais, gera inúmeras melhorias nas cidades em termos de mobilidade e garante renda para milhões de famílias que em período de crise buscam se reestabelecer.